quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

ESPOSA SURDA



ESPOSA SURDA
– Qual o problema de sua esposa ? Disse o médico.
– Surdez. Não ouve quase nada.
– Então o senhor vai fazer o seguinte: antes de trazê-la, faça um teste para facilitar o diagnóstico. Sem ela olhar, o senhor, a certa distância fala em tom normal, até que perceba a que distância ela consegue ouvi-lo.
E quando vier – diz o médico – dirá a que distância o senhor estava quando ela o ouviu. Está certo ?
– Certo, combinado então.
À noite, quando a mulher preparava o jantar, o marido decidiu fazer o teste.
Mediu a distância que estava em relação à mulher. E pensou: “Estou a 15 metros de distância. Vai ser agora”.
– Maria, o que temos para jantar ? – não ouviu nada. Então aproximou-se a 10 metros.
– Maria, o que temos para jantar ? – nada ainda. Então, aproximou-se mais 5 metros.
– Maria, o que temos para jantar ? – Silêncio ainda.
Por fim, encosta-se às costas da mulher e volta a perguntar:
– Maria! O que temos para jantar ?
– Frango, meu bem… É a quarta vez que te respondo!


Como percebem, muitas vezes achamos que o problema ocorre com os outros, quando na realidade o problema é nosso, só nosso… Achamos que Deus não ouve nossas orações mas quando nos aproximamos Dele percebemos que o erro sempre esteve em nós por não ouvirmos o que Ele diz.
E você a que distância está de Deus ?

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Revesti-vos de toda AMARGURA

Talvez só entendamos o peso da amargura quando estamos felizes e em comércio somos mal atendidos.
Respostas ríspidas, agressivas, duras, somados a um olhar mal encarado, conseguem facilmente desanimar e destruir qualquer bom humor.
Mais do que nunca temos precisado de boas ações, e bons exemplos. E será que tudo isso não deveria vir do povo que se diz transformado, cheio de Deus?

Infelizmente o povo de Deus quer somente falar em línguas nos cultos e parecer cheio da "unção", as demonstrações de estar cheio de Cristo não tem feito parte de nosso cotidiano.

A coisa está tão feia, que ao vermos um vídeo, ou gesto de bondade, logo nos admiramos e pensamos: ah este mundo ainda tem jeito! Sendo que nós deveríamos ser os principais autores destes gestos.
Cristãos cada dia mais cheios de revolta, é tanta amargura emanando dos púlpitos, e das conversas familiares que até parece que Deus disse:

Revesti-vos, pois de toda amargura, de entranhas de egocentrismo, revolta, e vingança;

Mas não é isso! A bíblia diz:

Colossenses 3.12
Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade;.

Misericórdia, benignidade, humildade, mansidão, longanimidade... Lendo assim até parecem qualidades de senhores bem idosos, bem calminhos, centrados e sábios.
Entretanto, Paulo salienta REVESTI-VOS conota continuidade e persistência.
Se não nos fizermos benignos, e humildes hoje, amanhã é dia de fazê-lo. Trata-se de um exercício.

Chega de cristãos espumando e disseminando veneno e amargura. Leve o amor. Leve a vida, o perdão.
Agindo assim conseguiremos ganhar muito mais almas. Nossa vida, e conduta fala mais alto que nossas vozes.

Seja diferente dos demais. Seja bondoso, só pelo prazer de ser um servo de Cristo.
E se receber um mal tratamento, que tal levar a paz, e fazer esta pessoa sorrir?

Provérbios 15.1  resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira.


Pense nisso.

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

CIÊNCIA COMPROVA: AS RELAÇÕES QUE DURAM MAIS DEPENDEM DE 2 COISAS BÁSICAS…


Fonte: http://thesecret.tv.br/2015/01/ciencia-comprova-relacoes-que-duram-mais-dependem-de-2-coisas-basicas/



Milhares de casais se unem em matrimônio anualmente. No Brasil, o mês das noivas é maio, nos Estados Unidos, o mês mais popular para casamento é o mês de junho, onde em média 13.000 casais dizem “sim”.

Desses casais que decidem passar a vida juntos, muitos não conseguem levar o relacionamento por muito tempo. Se você parar agora e analisar quantos casais você conhece que se casaram e se divorciaram, certamente terá que anotar, ou perderá a conta.

Pensando nisso, que o psicólogo, John Gottman, juntamente com sua esposa também psicóloga, Julie Gottman, realizaram um estudo com casais para entender melhor o motivo do fracasso e do sucesso de seus relacionamentos.

A conclusão a que chegaram pode parecer óbvia demais, porém ao analisarmos os detalhes de nossos próprios relacionamentos, certamente identificaremos pontos que precisam de mais atenção.

Segundo o estudo dos Gottmans, as duas coisas básicas que movem um relacionamento até o fim da vida são generosidade e bondade.



John e Julie criaram o “The Lab Love” (O Laboratório do Amor), levaram 130 casais para seu laboratório do amor, onde passaram o dia realizando tarefas corriqueiras como comer, cozinhar, limpar, enquanto os cientistas sociais os analisavam. Ao fim das análises, os estudiosos classificaram os casais em dois grupos: mestres e desastres. Passaram-se seis anos e os casais foram chamados novamente. Os mestres permaneciam juntos e felizes.

Os casais que pertenciam ao grupo “desastres” ou não estavam mais casados ou permaneciam juntos, porém infelizes. Esse resultado levou os cientistas a conclusão de que a generosidade é fundamental para o relacionamento entre o casal. Atos simples como responder a perguntas rotineiras com agressividade ou com generosidade afeta o futuro e a qualidade do seu relacionamento.

Perguntas como: “Você viu aquele pássaro?” podem ser a deixa para a esposa demonstrar mais interesse pelos gostos do marido, agindo com generosidade e bondade, criando uma conexão entre os dois.

Respostas ríspidas, desinteressadas ou ignorar o apontamento do seu companheiro por indiferença, significam bem mais do que apenas cansaço, ocupação, falta de tempo. Mas sim, podem representar que tudo é mais importante do que as coisas bobas que ele ou ela apreciam.

O estudo apontou que temos duas respostas a escolher quando se trata das questões de nossos companheiros, podemos optar por respostas generosas que nos aproximam como casal ou respostas ríspidas que nos afastam um do outro.

Os “mestres” escolhiam respostas generosas, criavam uma conexão com o companheiro, demonstrando-lhe interesse em suas necessidades emocionais.

Pessoas que agem com bondade e generosidade, como os casais que pertenciam ao grupo de “mestres” preocupam-se em criar um ambiente de apreciação e gratidão pelo o que o companheiro faz, em contrapartida, casais “desastres” constroem um ambiente baseado na insatisfação, sempre apontando para os erros do outro, para o que ele deixou de fazer, esquecendo-se dos pontos positivos.

A pesquisa mostrou que em situações como, o atraso da esposa ao se preparar para um jantar pode ser encarado pelo marido de duas maneiras diferentes: com bondade e generosidade ou com agressividade, concentrando-se apenas no fato de que ela sempre se atrasa, nunca se apronta na hora combinada, desconsiderando que o atraso pode ter sido motivado pelo tempo que ela gastou preparando uma surpresa para ele.

Generosidade e bondade

Generosidade e bondade podem salvar seu relacionamento. Não estou dizendo que no dia de aniversário de casamento, uma vez ao ano, você fará aquela surpresa linda, e pronto. O que a pesquisa revelou implica na aplicação diária de doses de generosidade e bondade, seja relevando uma coisa aqui, sendo gentil em outra situação ali, evitando cobranças desnecessárias e sempre, sempre e sempre concentrar-se no que a outra pessoa fez e faz de positivo, não de negativo. Sua esposa foi ao supermercado e comprou só alimentos, esquecendo-se do creme dental? Você escolhe: seja agressivo e reclame do creme que ela esqueceu ou agradeça pela comida que comprou. Sua escolha dirá que tipo de relacionamento você está vivendo.

John e Julie Gottman, após estudarem os casais com eletrodos enquanto conversavam, concluíram que casais do grupo “desastres” ficavam fisicamente afetados ao dialogarem com seus companheiros, fisiologicamente eram como se estivessem em guerra ou enfrentando um leopardo. Os “mestres” apresentavam passividade, relaxamento e tranquildade ao conversarem.

E você? A qual grupo pertence?

terça-feira, 17 de novembro de 2015

No que estamos nos tornando?



Vi o vídeo e me emocionei. Me bateu aquela tristeza e me perguntei

NO QUE ESTAMOS NOS TORNANDO?

Pobres, e sujos não são humanos??? 

PAUL WASHER SUA FRAQUEZA DEVERIA CONDUZI LO A DEUS dublado


Lá de dentro do inferno

Eu acho Jonas um grande homem de Deus!
Muitos esquecem dele nas ministrações, ou o tomam como exemplo do tipo de gente que não devemos ser.
E não é de todo mentira, mas também não é a verdade absoluta.

Jonas recebeu uma missão de Deus.
Ele deveria ir a Nínive e pregar salvação para o povo. Mas Jonas não foi, pelo contrário, embarcou rumo a Társis (que era do lado oposto de Nínive).


Por causa de sua desobediência Deus envia uma tempestade, as coisas ficaram tão assustadoras que ele mesmo pede para ser jogado no mar.

Quando nos desviamos do caminho de Deus, passamos por situações difíceis. E se nós chegamos a pensar  que não existe saída.
Deus agiu com tanta graça e misericórdia, que mesmo sendo um momento difícil, Deus demonstra compaixão. Se isso ocorreu com Jonas, pode ocorrer com você também.

A bíblia conta que ele foi lançado no mar e um grande peixe o engoliu.
Não imagino este fato como na história do Pinóquio. Com um grande espaço, conforto, e laguinho. Imagino que era apertado, o ar deveria ser rarefeito, um local de TOTAL escuridão, assustador.
Jonas passou 3 dias neste sofrimento. 3 dias de fome, sede, desconforto, dor, ausência de Deus, culpa, arrependimento e tantas outras sensações e sentimentos.

Jn 2.1 E orou Jonas ao SENHOR, seu Deus, das entranhas do peixe.


2 E disse: Na minha angústia clamei ao Senhor, e ele me respondeu; do ventre do inferno gritei, e tu ouviste a minha voz.

Acho tudo isso muito curioso. Jonas estava sofrendo muito, e somente depois de 3 dias, possivelmente 3 dias lutando para sair por suas próprias forças. Confiando em sua capacidade e quando estava quase a morte, Jonas ora...

7 Quando desfalecia em mim a minha alma, lembrei-me do Senhor; e entrou a ti a minha oração, no teu santo templo.


Isso é grande lição para nós. Muitas vezes ocorre o mesmo conosco. Estamos em uma situação desesperadora, choramos nos lamentamos, nos deprimimos, e passamos dias, semanas, meses ou até anos naquela situação. Não tomamos atitudes! Tentamos sair por nossa própria força. 
Deus foi tão bom com Jonas, que mesmo do ventre o peixe a oração dele foi ouvida.e tu ouviste a minha voz.  Jonas 2:2

Que tomemos isso para nossa vida, mesmo estando em um peixe, nas profundezas, Deus ainda ouvirá nosso clamor.

Lições de Jonas:

1- Reconheça que precisa de Deus - v4 Olharei de novo para Teu Santo Templo 
2- Reconheça que sozinho não há salvação - v6 Afundei até os fundamentos dos montes a terra cujas tramas estavam me aprisionando para sempre.
3- Reconheça o seu erro e volte para Deus - v9 Mas eu te oferecerei sacrifício com a voz do agradecimento; o que votei, pagarei. Do Senhor vem a salvação.

Para cada uma há um tempo, para Jonas 3 dias foram suficientes para que ele pudesse se arrepender, e voltar para Deus.
Esteja dentro, ou, fora do peixe, hoje é dia de clamar.

Reconheça que precisa de Deus - Sozinho não há salvação- Reconheça seu erro e volte para Deus.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Jesus ensina

Na vida estamos em uma estrada, as vezes acaba o combustível, fura o pneu, é necessário parar para calibrar, organizar, alimentar, e também de manutenção.

O dia a dia frenético, nos leva em uma rotina intensa e cansativa. Nosso corpo é desgastado, nossa mente se esgota, e a consequência disso é a corrida para a saciedade de diversão.
Bombardeados por tragédias, dores, revoltas e críticas, nosso coração se enche de amargura, perde a sensibilidade, perde a generosidade.

Nos tornamos frios, amando aqueles que podem retribuir com fartura. Deixamos de nos importar com os pequenos, passamos a criticar com tanta facilidade. Frio...

Para dias como os nossos, Jesus vem e nos ensina. Nos mói algumas vezes. Quebra nossa altivez e poe nossa cara no chão. Para ser pisada, vista e humilhada; Ele é mau por isso? NÃO! Ele nos faz ver como somos. PEQUENOS E CARENTES DELE.

Para pessoas como nós, Jesus ensina que é melhor dar. 
Para dias maus como os nossos Jesus ensina que temos que ser luz e brilhar em meio a tanta treva.
Para mim, Jesus ensina que um sorriso de um pequeno, vale muito mais que ouro.
Que uma atitude benevolente não atrai somente um membro para uma congregação, atrai um pecador para cruz.

Preciso de sua graça mais uma vez
E vejo como Seus olhos ainda estão sobre mim,
como a anos atrás, quando me fez
A Tua voz, e os Teus ouvidos ainda me esperam
Eu estou tão longe, Tão distante...
Mas Tu és o Rei do universo, 
Que manifesta o Seu amor
Que chora, sofre, 
E quer refazer o vaso que sozinho que quebrou.
Reconstrua-me Senhor
De Tua face fugi
Em meu orgulho me escondi
Mas de mim quero sair,
me encontrar, e me satisfazer em Ti
O meu Resgatador Tu És Senhor

Amaldiçoadores gospel



Triste!

O que tem virado as igrejas no Brasil?
Líderes se manifestando como amaldiçoadores! Todos tão cheios de si, de justiça, de vingança...
Você leitor, precisa ser diferente!

Precisa ver videos como este e não ser contagiado com este "espírito", este ímpeto de ato deificação; 
QUER SER GRANDE? SEJA O MENOR! Foi isso que Jesus ensinou.

Não será assim entre vós. Ao contrário, quem desejar ser importante entre vós será esse o que deva servir aos demais. Mat 20.26



Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo.
De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,
Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,
Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.




Paris ou Mariana??

Estamos vivendo uma época muito complicada.
Acidentes, assassinatos, desastres, crimes ambientais, atentados e tantas desgraças e destruições.

Agora, se inicia uma mobilização por Paris, e ao mesmo tempo a revolta pelo descaso com todas as vítimas de Mariana.


        X          



Não sou parcialista! Mas ambos os casos são tristes, foram vidas arrancadas deste mundo, foram pais, mães e filhos mortos por NADA!

Não tem como não se abater por AMBOS, Mariana tem sido abafada por questão capitalista, existe uma empresa responsável por trás desta tragédia. Que ainda é rentável ao governo, e por isso vemos, aliás não vemos tanta exposição nas mídias. 
Agora Paris, possui o seu glamour, e ao mesmo tempo traz audiência sem nenhuma represália dos "peixes grandes". Eis ai os verdadeiros motivos, soma de status com o medo de expor a empresa Vale como a culpada e causadora do desastre.

E nós cristãos, a quem devemos apoiar?

AS VIDAS!

Existem PESSOAS envolvidas aos desastres. O que não pode acontecer que sintamos a dor somente dos grandes e desenvolvidos.
Que nossa compaixão exceda classes sociais, e se iniciem pelos pobres, pelos que perderam TUDO até esperança. 
Que nossa oração se inicie onde há menos recursos, onde a desilusão é maior e onde somente Deus através de pessoas possam fazer a diferença.


Se existir possibilidade de chorar por um povo, chorarei por uma geração que tem crescido sem fé. E Chorarei ainda por um povo que só vê o status, e não vê o pobre oprimido.

Senhor abra nossos olhos! E não nos deixe cair na insensibilidade! Que possamos nos importar com vidas ao invés de priorizarmos os de saldos bancários abastados.
Senhor abra nossos olhos!

quinta-feira, 16 de julho de 2015

A angustia e o cristão

Salmos 120.1 
Na minha angustia clamei ao Senhor, e Ele me ouviu.


Sofremos por diversas razões:
* Consequências dos nossos erros, e dos outros
* Sofremos porque vivemos em um mundo que está morto em corrupção, e é mau.

É comum perder o rumo durante o sofrimento, sem saber para onde vamos, e como viemos parar aqui. Por isso, muitas pessoas acabam decidindo o caminho do suicídio. Mas para nós cristãos, o sofrimento é um rio que deságua no mar JESUS.
Ele nos chama em Mateus 11.28 Vinde a mim todos vos que estais cansados, oprimidos e sobrecarregados, e eu vos aliviarei.
Jesus convida especialmente os que sofrem, os cansados, para receber Dele ALÍVIO. Que benção!

Na angústia, CLAMEI  AO SENHOR! Como é frustante ligar para alguém e não ser atendido, mas todas as vezes que "ligamos" para Deus Ele nos atende! É maravilhoso saber que a qualquer momento, podemos chama-lo, e Ele estará do outro lado, pronto para nos ouvir. O SENHOR TE OUVE.

Conta-se uma história de um agricultor que ao começar a lavoura encontrou um pedaço de ouro.
Ele entusiasmado comprou os lotes visinhos, equipamentos e começou a cavar. Desanimado por não encontrar nada desanimou, vendeu tudo à preço de banana e se mudou.
Pouco tempo depois, lendo o jornal viu a nóticia que uma grande mina fora encontrada pelo comprador das suas terras, e em seu antigo lar. Lendo tudo, estarrecido, ele viu a pergunta do repórter ao sortudo, se tinha sido difícil encontrar o ouro, e o comprador respondeu: Não! Quando comprei aqui, o ex dono já estava cavando, eu precisei só cavar mais 1 metro para encontrar tudo isso.

Pode ser que você esteja cansado, angustiado, mas não é hora de desistir. É hora de continuar cavando, vai que esteja faltando só um metro para você também.

Clamei ao Senhor e Ele me ouviu.

Clame a oração pode ser um meio de alcançar a sua mina.


Fonte: Evangelho-online.blogspot.com

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Você está criando um filho materialista?

LI ESTA MATÉRIA E GOSTARIA DE COMPARTILHAR... VEJA


Estudo norte-americano sugere que usar presentes e bens materiais como castigo ou recompensa pode ser prejudicial para a construção dos valores da criança

Por Fernanda Carpegiani - atualizada em 29/01/2015 09h10

Toda vez que o seu filho se sai bem em alguma tarefa você oferece um presentinho como recompensa? E quando ele se comporta mal? O castigo é sempre ficar sem algumbrinquedo ou eletrônico? Pois saiba que esse tipo de estratégia pode estimular o materialismo e fazer com que ele passe a relacionar o sucesso na vida com a qualidade e a quantidade de seus bens materiais. A conclusão é de um estudo feito nas universidades de Missouri e de Illinois, nos Estados Unidos. Na ocasião, os pesquisadores perguntaram a 700 adultos que tipo de recompensa e punição eles receberam durante a infância.

Com base nas respostas, foi possível apontar três comportamentos dos pais que contribuem para formar um adulto materialista:

- Dar presentes quando a criança conquista algo, como ganhar um jogo de futebol ou ir bem na escola;

- Usar presentes como prova de afeto;

- Tirar um bem material como forma de castigo.

 
“Essa questão vem sendo apontada há algum tempo na história da pedagogia. Já na década de 40, a educadora Maria Montessori dizia que a maior recompensa que a criança tem é o próprio êxito”, diz Edimara de Lima, diretora pedagógica da Prima-Escola Montessori de São Paulo, destacando que essas crianças acabam sendo também mais imediatistas e ansiosas.

Para a especialista, não há problema em presentear a criança no caso de comemorações importantes, mas é preciso haver uma medida, até para não usar o presente como chantagem disfarçada. O mesmo vale para a punição, que precisa ser coerente e proporcional para funcionar de maneira adequada. “Não pode ser algo aleatório, tem que haver uma relação lógica e direta com o que aconteceu”, afirma Edimara.

O mais importante é não usar bens materiais como moeda de troca na hora de educar e se relacionar com os filhos. Você pode ensiná-lo a valorizar o que já tem e a consumir de maneira adequada. “O bom comportamento pode e deve ser premiado com afeto no lugar de produtos. Vale um abraço dos pais ou uma palavra carinhosa. A criança precisa perceber que contribuiu de alguma forma”, explica Gabriela Yamaguchi, especialista do Instituto Akatu, ONG que trabalha pelo consumo consciente.

A presença ainda é o melhor presente. Deixe bilhetes e recados, verbalize seu orgulho e alegria com as conquistas dele e separe um tempo para desenvolver atividades em família. Pode ser uma brincadeira que ele goste, um momento de contação de histórias ou até um banquete em casa, organizado por vocês com a comida favorita dele. Quando for época de aniversário ou Natal, converse sobre o excesso de pertences e organize uma limpeza no armário para abrir espaço para as novas aquisições. Separem juntos o que vai para a doação e para a reciclagem. A ideia é aproveitar esses momentos para reforçar os valores da família. "Sem perceber, os pais muitas vezes acabam construindo um vocabulário voltado para o valor exacerbado do consumo ", diz Gabriela. Pense nisso!

FONTE: http://revistacrescer.globo.com/Criancas/Comportamento/noticia/2015/01/voce-esta-criando-um-filho-materialista.html

Facebook-Emotional-Manipulation O lado negro do Facebook na capa da Super Interessante

Texto super interessante, leia.


A edição 348 da Revista Super Interessante traz, estampada em sua capa, aquilo que TODAS as agências de Marketing e profissionais medíocres de marketing digital não queriam que chegasse aos ouvidos dos seus clientes: O FACEBOOK É UMA FARSA! Com o título “O Lado Negro do Facebook” a reportagem mostra que, de acordo com uma pesquisa, realizada por estudiosos das universidades de Michigan e Leuvem (Bélgica), quanto mais as pessoas passam tempo no Facebook, mais se sentem infelizes.
A mais pura realidade: meninos e meninas lutam, desesperadamente, por atenção… Vale tudo para ser notado. Vale ficar nua, vale mendigar “likes”, vale gravar cenas de sexo anônimas e divulgar… Vale tudo por um like… Que valores estamos permitindo que o sistema venda para nossos jovens? Como a erosão da família (não importa qual é o modelo de família que você apoia) e dos valores estão transformando nossa sociedade em uma Idiocracia cada vez mais grosseira e insólita? Só o tempo dirá…
O Facebook Manipula Você!
O Facebook define a sequência de informações que você vê na sua timeline, usando um critério secreto que não revela a ninguém. No ano passado, o Facebook realizou uma EXPERIÊNCIA SECRETA com 600 mil usuários, manipulando suas timelines para verificar como isso iria alterar o humor dessas pessoas. SIM, VOCÊ PODE TER SIDO UMA COBAIA!
Os cientistas modificaram o algoritmo de usuários escolhidos de forma aleatória para que mostrassem conteúdo mais positivo ou negativo. E, depois, analisavam o conteúdo postado pelos próprios usuários. A ideia era entender se o que vemos em redes sociais afetam a forma com que nos sentimos. Em outras palavras, se os sentimentos publicados no Facebook são contagiosos.
O resultado? Sim, eles podem manipular emoções de usuários – de uma forma positiva ou negativa – com pequenas mudanças no algoritmo do Facebook.
E o que é pior: os testes não foram feitos APENAS UMA VEZ! Nada é SIMPLESMENTE EXPERIMENTAL!
O Facebook está consumindo seu bem mais precioso: O TEMPO!
Segundo a pesquisa “Digital, Social and Mobile 2015″ da We Are Social, os BRASILEIROS passam, em média, QUASE 4 HORAS nas redes sociais, diariamente. Estes mesmos brasileiros, quando perguntados sobre porque suas vidas não avançam, porque não fazem aquele curso de Inglês, porque não terminam a faculdade, porque não fazem uma pós-graduação ou MBA, respondem que… NÃO TEM TEMPO!
Dica: fique 90 DIAS (apenas) sem acessar o Facebook e descubra o quanto você é capaz de realizar com a quantidade ENORME de tempo que você vai conseguir neste período!
(OBS: Acredito que 99% das pessoas aqui não conseguirão, pois já estão viciadas no Facebook, como qualquer viciado em drogas…
O Facebook está prejudicando nossas relações!
Quem nunca se desentendeu com um amigo, um parente ou um conhecido através das redes sociais?
Nossa vida, mediada pelas redes sociais, tem se tornado traumática e excessiva. Estamos nos tornando reativos, narcisistas e incapazes de lidar, de forma respeitosa e digna, com as diferenças de opinião. Vivemos tempos de (In)Comunicação. Temos várias ferramentas de comunicação, mas não conseguimos manter diálogos. Nossa comunicação é deficiente, fraca, superficial. Estamos transformando a internet na nova televisão: A interação está morrendo! Estamos reagindo como o Cachorro de Pavlov, salivando a cada nova postagem, em contínuo reflexo condicionado, e dando nossos likes, mas sem que isso tenha um sentido. Estamos no piloto automático, e nem nos demos conta.
Graças à forma superficial como o Facebook “resignificou” a palavra “amigo” em nosso idioma, estamos permitindo que nossas relações se tornem rasas, superficiais, insípidas.
Ninguém se importa mais! As relações humanas nesse nosso maravilhoso mundo moderno são pautadas no individualismo e na perda do conceito de coletividade.
O Facebook já chegou a ser apontado como uma das maiores causas de divórcio nos EUA. Eu não concordo 100% com esta pesquisa, mas não podemos discordar do fato de que, certamente, todos nós já testemunhamos casos de brigas conjugais, términos de relacionamentos e outros problemas atribuídos às redes sociais, não é verdade (desde a época do Orkut, inclusive…)
Então, a culpa de tudo que nos tornamos é do Facebook?
Não. Definitivamente, o Facebook tem uma boa parte da culpa, mas, no final, ele é apenas uma vitrine. Uma ferramenta. Um espelho que nos mostra, de forma fria e explícita, no que nos tornamos enquanto sociedade: Falhamos. Miseravelmente!
Ainda há tempo. Desintoxique-se. Desligue as notificações. Viva uma vida DE VERDADE, e não apenas para mostrar para gente que você não gosta, algo que você não é, consumindo coisas das quais você não precisa, com um dinheiro que você não tem. Entenda que tudo isso é uma grande ilusão. Ninguém é tão feliz quanto quer fazer crer através das redes sociais.
Parece exagerado. Parece fantasioso. Parece ridículo. MAS É REAL! TODOS NÓS FAZEMOS ISSO O TEMPO TODO! Postamos fotos do que comemos, de onde estamos, dos nossos hábitos, das pessoas que nos cercam, das nossas preferências em diversos temas da vida… E depois, reclamamos que estamos perdendo nossa privacidade! Nós estamos nos tornando viciados na aprovação alheia.
Reflitam e entendam, definitivamente: A vida nas redes sociais É UMA FARSA. Uma encenação, criada diariamente, por pessoas que precisam desesperadamente de atenção, pessoas que estão carentes de contato humano, de uma ligação. Pessoas precisam de pessoas. Pessoas precisam de contato. Pessoas precisam de HUMANIDADE!
texto extraido de renatosiqueira.com.br
FONTE

terça-feira, 23 de junho de 2015

Dai, e dar-se-vos-á: Da promessa ao dever

"Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos darão; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também." Lucas 6:38
Não é de hoje que vemos este versículo como chave para promessas.
Ministrações que colocam a Deus como o abençoador abundante, que dá a benção abundante, sacudida e transbordante.
Seria um grande erro isolar ele de todo o contexto, e enfatizá-lo como se 1 verso fosse suficiente para resumir tantas informações que Jesus deixou em todo o capítulo. Seria como dizer, que o Titanic foi só um pequeno romance, entre um casal, e esquecer do grande desastre... Curioso não?

Existem mais detalhes dobre o sermão da montanha no evangelho segundo Mateus. As pessoas iam até Jesus querendo ouví-lo, desejando a cura e libertação.
Jesus começa a ensinar seus discípulos, e inicia o sermão da montanha. Fazendo questão de incluir todas as classes, principalmente os desprezados. (Bem aventurado os pobres/ Os que tem fome/ Os mansos) Talvez todos os citados, fosse menosprezados por não possuírem um caráter e temperamento ativo e violento. JESUS FEZ QUESTÃO DE INCLUIR TODOS DESPREZADOS EM SEUS ENSINOS, PARA TRATAR A TODOS.

Mas a vós, que isto ouvis, digo: Amai a vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam;
Bendizei os que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam.
Ao que te ferir numa face, oferece-lhe também a outra; e ao que te houver tirado a capa, nem a túnica recuses;
E dá a qualquer que te pedir; e ao que tomar o que é teu, não lho tornes a pedir.
E como vós quereis que os homens vos façam, da mesma maneira lhes fazei vós, também.
E se amardes aos que vos amam, que recompensa tereis? Também os pecadores amam aos que os amam.
E se fizerdes bem aos que vos fazem bem, que recompensa tereis? Também os pecadores fazem o mesmo.
E se emprestardes àqueles de quem esperais tornar a receber, que recompensa tereis? Também os pecadores emprestam aos pecadores, para tornarem a receber outro tanto.
Amai, pois, a vossos inimigos, e fazei bem, e emprestai, sem nada esperardes, e será grande o vosso galardão, e sereis filhos do Altíssimo; porque ele é benigno até para com os ingratos e maus.
Sede, pois, misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso.
Lucas 6:27-36

E como um tratamento intensivo, Jesus diz: Amai os vossos inimigos.
Simples! Mas difícil de se praticar. Nós costumamos a bendizer e a amar quem nos faz bem, quem nos ama. Não praticamos estes mandamentos. Vemos cristãos agindo com tanta raiva, que se pudessem matar, matariam e condenariam em nome da religião. Quantas vezes nós não agimos assim?
Desejamos o mal, nos iramos, pecamos constantemente nos mesmos pecados.
Agimos sem misericórdia nenhuma. Algumas vezes parece que vivemos na idade média, olho por olho!

Com o número crescente de evangélicos, era para fazermos a diferença na sociedade. Diminuirmos os índices de pobreza e miséria, pelo menos no Brasil.
Mas o crescimento dos evangélicos, não tem mudado nada. Na verdade, acredito que o número que tem crescido, são de frequentadores de igrejas, e não de cristãos genuínos e verdadeiros praticantes da Palavra.

Não estou escrevendo isso, me sentindo o mais fiel, santo e justo. Pelo contrário, estes versículos me colocam em cheque. Tocam em minha conduta, ideologia e práticas. Me colocam em alerta: Você precisa mudar!!
Eu preciso ir até Jesus para ouvi-lo, e entender que por mais difícil que possa parecer, a prática destas ações exalam o aroma de Cristo, são vitórias adquiridas pela cruz, soa para Deus como verdadeira adoração.

Lembre-se que receber, está antes ligado ao dar (NÃO ESTOU FALANDO DE DINHEIRO).
Para recebermos o perdão, precisamos perdoar primeiro; Lembra do famoso Pai nosso?
... Perdoa-nos ASSIM COMO NÓS PERDOAMOS...
Que possamos amar a Deus, e seus preceitos.
Aprendamos a amar e bendizer quem nos maltrata e nos maldiz.

Faz-nos Senhor, verdadeiros imitadores de Jesus.

segunda-feira, 8 de junho de 2015

O protesto escarnecedor da parada gay

O final de semana passou, e a nova se iniciou com imagens como esta.
O "protesto" do movimento lgbt, tem gerado uma onda de ataques, revoltas e ofensas;

Vou tentar deixar claro o que penso a respeito;

1- Ao movimento gay idealizador desde ato, acredito que foram estúpidos. Não foi nenhum pouco inteligente um protesto desses.
Já que tanto querem exigir diretos, deveria primeiramente respeitar as religiões. Querem ser aceitos, amados e apreciados mas agem com símbolos que ferem muitos nas igrejas.
Uma atitude como esta mostra o quanto parcialista e desrespeitoso o movimento é; Garanto que se na marcha para Jesus alguém fizesse alguma alusão a homossexualidade com qualquer tipo de ação (deste nível), os cristãos seriam TRUCIDADOS, rotulados de homofóbicos, e preconceituosos, difamadores e incitadores de violência. Não acham?
Entendo que se sintam repreendidos, e mal tratados, mas talvez idealizando um movimento de outra maneira fossem ouvidos.

2 - Aos cristãos:
Mas sabem o que vejo nesta foto? Pessoas carentes de Deus. 
O que encheu meu coração ao ver isso, não foi ódio, ou desejo que Deus se vingasse, até porque eu sei que TUDO o que é feito aqui, um dia estará diante Dele, e cada um de nós nos apresentaremos ante ao Senhor do Universo.
Me comoveu ver a ausência de temor, o desejo de ridicularizar e se igualar a Jesus. Penso que Jesus não chore por esta foto. Mas Ele em sua Santa misericórdia ainda chora ao ver o povo o rejeitando assim como fez olhando Jerusalém.
Eu vejo uma vida ali... uma alma pela qual Jesus também morreu. Que em seu devaneio discurso, tem o coração obscurecido, e mesmo sabendo do maior ato de amor e misericórdia, onde o Filho de Deus se doou por NOSSOS pecados em uma cruz, ainda preferem andar na contra mão dos Seus princípios.
Parem de pedir fogo para consumir estas pessoas! E comecem a agir como Jesus nos ensinou. 
Não estou dizendo que devemos aceitar o deboche ao que é santo, só estou tentando esclarecer, que a imagem dessa cruz não é, e nunca será equivalente à sombra do que foi feito a 2 mil anos atrás.
A cruz que Jesus estava tem um símbolo eterno, santo, e glorioso. Todo o universo estremeceu no dia em que Jesus morreu, e ainda mais quando ressuscitou.
Nosso Redentor viveeeeeeee! E seus ensinamentos são estudados por psicólogos até hoje.
Vamos olhar esta cruz, e enxergar nela alguém que provavelmente esteve ali com o objetivo de chamar a atenção, para tentar revolucionar para se sentir aceita. E só não entendeu que toda aceitação e oferta de amor, dignidade e paz, será encontrada exatamente no símbolo que ela está.

Eu oro, para que ela realmente conheça a Jesus! Não o que se ouvem dos outros, mas que esta geração O conheça face a face.

Este "protesto" não ofendeu em momento algum a Santidade de Deus. 
Ele continua sendo Santo, Justo e Bom.

Aquecendo o Casamento 03 (SÓ PARA MULHERES)

Como disse no outro post, homens, façam a gentileza de irem ler outra publicação ok? SÓ PARA MULHERES!!

MULHERES CIUMENTAS E CONTROLADORAS
Existe algo mais chato do que estar com alguém que quer controlar o tempo todo?
O marido não pode nem respirar que os segundos do atraso são computados, e "jogados na cara", em qualquer momento.
Mulheres, o homem que está ao seu lado te escolheu dentre tantas... E ele fez isso porque viu algo especial em você. Se dê o valor que é devido. 

Seu marido não é seu filho, ele é seu parceiro. 

Como é comum mulheres que tentam mandar no homem. Isso o faz se sentir desrespeitado. E como já citei antes, em qualquer espécie, o macho tem que se sentir respeitado. Fere diretamente sua masculinidade ser tratado com desrespeito, e se ele tem recebido isso constantemente de você, ele sem dúvidas irá procurar fêmeas ou companhias que o respeite, pense nisso! Neste ponto cabe bem a submissão, (respeito e admiração), trate-o como o homem, o provedor, o macho alfa rsss. E tenho certeza que ele se sentirá melhor ao seu lado.
Respeitá-lo não te fará escrava, ou te anulará na relação. Existem papéis distintos no casamento, e permitir que o homem seja O homem e você seja a mulher fará de seu casamento muito melhor. (Não estou dizendo nada em relação ao trabalho, ou de abusos contra você, estou falando exclusivamente de comportamento).

O QUE SEGURA UM GADO NO PASTO NÃO É A CERCA E SIM A COMIDA.
Já pensou nisso? Pare de se preocupar tanto com o mato do lado de fora que ele pode vir a comer, e comece a zelar melhor do que ele tem dentro de casa.
Já tentou conversar com ele sobre as coisas que te irritam? Converse na boa com ele, reaprenda a falar que ele é O homem de sua vida. Reaprenda a se comunicar, sem iras ou cobranças. Conversar e rir simplesmente. Construa em seu lar um ambiente de acolhimento, paz, e PERDÃO.

MULHERES QUE EXPOEM O MARIDO EM PÚBLICO
Se tem algo que irrita profundamente um homem é isso. Expor erros, situações vergonhosas, ou até mesmo envergonhá-lo em público. É algo que TODO homem ODEIAAAAAA!
Vamos supor uma situação: "Você por um descuido se esqueceu que menstruaria hoje, saiu sem dinheiro e está longe de casa. Sua roupa ficou toda suja, e ficou impossível disfarçar... Ou outra situação possível, comeu algo que não caiu bem, e por um vacilo acabou se complicando com uma diarréia". Me responda o que você sentiria se ao chegar na rodinha de amigos e familiares o seu marido estivesse contando TUDO e PARA TODOS rindo de você euforicamente?
Magoaria? Sim!!! E por que motivo, mulheres fazem isso o tempo todo com seus maridos? 
Podem não ser situações como as que descrevi... mas a exposição, só tem uma finalidade, ENVERGONHAR E HUMILHAR. Portanto, se quer realmente aquecer seu relacionamento, PARE! Se desculpe com ele, se por acidente o fizer, e se policie para não fazer novamente.



sábado, 6 de junho de 2015

Aquecendo o casamento 02 (SÓ PARA MULHERES)

 Esta é uma postagem só para mulheres, se você é homem, PICA A MULA kkkkkk. Brincadeira, mas vai para o próximos post ok homens?

Mulheres! Muitas vezes é jogada uma imensa responsabilidade sobre seus braços.
Se a casa está desarrumada, a culpa não é do homem, mas sim da esposa. 
Se a roupa não está bem passada, manchada ou com um furo, de quem é a responsabilidade? -- da mulher.
Filhos, casa, trabalho, marido, e muitas outras coisas...

Não estou fazendo nenhum discurso feminista, ou machista.

Por diversas vezes cai sobre o a mulher peso demais. São responsabilidades, cobranças e afazeres que nunca tem fim.
Você deve sim, ser boa mãe, boa dona de casa, boa esposa, boa funcionária. Mas não se esqueça que você também merece atenção, dedicação.
E isso não deve ser imposto por você. O reconhecimento deve ser voluntário. Por este motivo é tão importante que busque de Deus mais sabedoria.

MULHERES QUE NÃO SE CUIDAM
Você não se arruma mais? Não pendeia bem os cabelos, não se perfuma? POR QUÊ?
Deus sempre cuidou de Sua noiva de todas as maneiras:

Então te lavei com água, e te enxuguei do teu sangue, e te ungi com óleo.
E te vesti com roupas bordadas, e te calcei com pele de texugo, e te cingi com linho fino, e te cobri de seda.
E te enfeitei com adornos, e te pus braceletes nas mãos e um colar ao redor do teu pescoço.
E te pus um pendente na testa, e brincos nas orelhas, e uma coroa de glória na cabeça.
E assim foste ornada de ouro e prata, e o teu vestido foi de linho fino, e de seda e de bordados; nutriste-te de flor de farinha, e mel e azeite; e foste formosa em extremo, e foste próspera, até chegares a realeza.Ezequiel 16:9-13 (Texto não literal, mas ressalta o cuidado e zelo de Deus por Seu povo)


Se cuidar, é bíblico sim. Se adornar COM MODÉSTIA (não é para sair por aí vestida como rainha da bateria também né rss).
O que eu quero dizer, é: Será que seu casamento não tem se esfriado porque você tem deixado de se cuidar? Este cuidado, vai desde higiene pessoal, até se arrumar e ficar bonita para seu esposo.
Pense: Ele vê mulheres arrumadas na tv, no trabalho deve ver algumas também. E ao chegar em casa, tem a mulher que ele escolheu para viver o resto da vida, com cabelo bagunçado, fedendo e sem estima nenhuma. Isso parece bom?

O marido pode até ser homem de Deus, mas ele com toda certeza desanima de fazer um carinho extra.
Não estou jogando mais fardo sobre você, me entenda e responda: 
No namoro, você se portava assim como se porta hoje?
Em todos os sentidos, na questão de se arrumar, nas palavras ditas a ele, e também na sedução;

Se banhe, penteie, se maqueie também. Se sinta bonita. Pode ter engordado um pouco depois da gestação?
Sim! Mas você deu a luz a um filho, uma vida, um ser especial. não se desmereça por não pesar como antes. Você é bonita SIM! Só não está vendo isso em você.

Ressalto, que o maior atributo de uma mulher, não é somente ser sensual, mas ser moderada, doce, e gentil.

Reflita:
3Portanto, o que vos torna belas e admiráveis não devem ser os enfeites exteriores, como as tranças do cabelo, as finas jóias de ouro ou o luxo dos vestidos. 4Pelo contrário, esteja em vosso ser interior, que não se desvanece, toda a beleza que se revela mediante um espírito amável e cordato, o que é de grande valor na presença de Deus

A beleza de fora é importante, mas nisso não deve estar nosso orgulho. Mas em um coração quebrantado, espírito amável... Lembre-se de Ester, ela poderia ter se vestido da maneira que ela achasse melhor, mas ela preferiu vestir da maneira que o rei gostava. E através deste jesto, pode ser usada por Deus.

Se você quer reaquecer o seu casamento, se cuide! Se esforce em ser alguém que agrada a Deus primeiramente, e depois ao seu marido.
Faça que seu esposo tenha orgulho de ter você como sua mulher. Ele já te escolheu, você tem algo que ele realmente gosta, agora, é hora de mostrar para ele que você pode ser ainda melhor.
Epírito manso, e amabilidade! Tente e me conte se não dá certo;



Deus te abençoe


O poder de escolha

Deus deixou o poder de escolha em nossas mãos, quantos de nós já fez escolhas que nos levaram a lugares que queríamos e a lugares que não queríamos, uns escolhem viver em um mundo de ilusão, como se vivessem em um conto de fadas; isso exteriormente, mas internamente vivem em uma solidão profunda, uma solidão que não tem fim .
Jesus nos trouxe uma nova visão de escolha, uma maneira diferente de vivermos, uma visão de que existe algo melhor do que escolher viver da nossa própria maneira.

Jesus vivia de uma maneira que por onde Ele passava, fazia diferença, era sal e luz.
A maneira como tratava as pessoas, e como se comportava no meio das pessoas que não tinham os mesmos pensamentos que Ele.

Está em nossas mãos escolher ser filho de Deus ou não, Jesus já morreu na cruz para nos dar a salvação, agora depende somente de nossas próprias escolhas 1° João ensina sobre não amar o mundo nem o que no mundo há, se alguém ama o mundo o amor do Pai não está Nele. Ele nos exorta a não amarmos o mundo porque o que há no mundo é concupiscência da carne, concupiscência dos olhos e a soberba da vida.
O povo da época de Jesus teve uma das melhores oportunidade da sua vida, quando prenderam Jesus para o matarem, eles poderia escolher entre Jesus ou Barrabás mas escolheram Barrabás .
E segundo a Biblia o mundo ama mais as trevas do que a luz.
Quantas vezes trocamos a presença de Deus por pouca coisa, e se perguntarem para nós se amamos a Deus falamos que sim na hora, mas Deus conhece o nosso coração e as nossas atitudes, as escolhas que fazemos aqui irá refletir na eternidade, que hoje o Espirito Santo nos guie a fazer escolhas que irão refletir em uma vida melhor e principalmente na eternidade que é para onde vamos com Deus ou sem Deus, a decisão é só nossa.

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Aquecendo o casamento

Venho publicando diversas postagens sobre Esfriamento do Casamento e Divórcio.
Este será um post motivacional, para que você não desista ainda!

Listei diversas causas e sintomas do esfriamento, agora vamos começar uma nova seção de Reavivamento, ou como no título, Aquecendo o casamento.

Vamos entender que o casamento é a união de duas pessoas diferentes e igualmente imperfeitas, logo, temos que guiá-lo nos princípios De quem foi o seu idealizador, DEUS.

Deus fez o casamento, e o fez para que ambos se completassem, se amassem e através da família continuassem a propagar Seus ensinamentos.

Leia os posts anteriores sobre esfriamento.




Como aquecer algo que está doente e quase morrendo?
* Através de Deus, se Deus planejou e criou o casamento, Ele é diretamente a melhor pessoa a opinar e orientar sobre como vocês devem proceder, mesmo que seja em tempo de crise.
* Pare de falar dos problemas de vocês para todo mundo. Conheço um casal, que o marido vive levando problemas do seu casamento para outras pessoas. Mesmo que sejam da mesma igreja, os problemas devem ser resolvidos na mesma esfera que foi gerado, ou seja, DENTRO DE CASA.

Mas gostaria de te encorajar a salvar seu relacionamento, para isso, você precisará andar a segunda milha, como Jesus disse. NÃO! NÃO SERÁ FÁCIL!
Mas valerá a pena.


GUIE SEUS OLHOS
Já dizem que os olhos são as janelas da alma. Olhe seu conjuge com os mesmos olhos de antes...
Admiração, respeito e DESEJO.
Sim! Desejo. Desejar o conjuge é natural, Deus fez o sexo, e o fez para a saúde do relacionamento. Portanto, se preciso for, se esforce em desejá-lo novamente.

Se você é homem: 
Saiba que sua esposa não é uma máquina de fichas, colocar um carinho não quer dizer que imediatamente ela responderá positivamente. Como o casamento está em uma situação delicada, volte a amá-la primeiramente. Demonstre amor, carinho, cuidado, respeito, e admiração. Não chegue esperando sexo, mas se ofereça como Cristo se entregou por Sua igreja. Deixe de lado seu anseio sexual, e volte a fase da sedução.
Rosas, carinho, um simples sms dizendo que ela é uma boa esposa, faça questão de reconhecer os esforços dela. Pense: Talvez ela esteja só cansada de tantos afazeres, talvez ela precise se relembrar que ainda é importante para você.
Seja gentil, leve a um restaurante, que ela gosta. Não será fácil, mas tentem relembrar dos bons momentos.

Se você é Mulher:
Lembra de sua paixão? Pois é, ela evoluiu para amor, mas não está sendo fácil não é?
Lembre-se das coisas que ele tem que te encantou, o sorriso, o modo como ele te abraçava na frente de outros homens.
Os homens precisam de sexo, mas precisam ainda mais de respeito. É algo que predomina em qualquer animal, o macho é respeitado, e assim encontra forças para gerir sua prole.
Olhe com olhos de amor, carinho e admiração.
Estamos começando uma empreitada difícil. Cada barreira posta entre vocês, precisará ser quebrada para que o sucesso seja alcançado.

PARA AMBOS:
Lembre-se para este muro entre vocês precisou ser construído com um tijolo por vez.
Se realmente quer derrubar o muro, pare de por mais tijolos. 
Precisará ter força para quebrar um a um.

O seu casamento vale a pena. Não desista ainda.

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Até Jesus e além da dor

"Estava, porém, enfermo um certo Lázaro, de betânia, aldeia de Maria e de sua irmã Marta.
E Maria era aquela que tinha ungido o Senhor com ungüento, e lhe tinha enxugado os pés com os seus cabelos, cujo irmão Lázaro estava enfermo.
Mandaram-lhe, pois, suas irmãs dizer: Senhor, eis que está enfermo aquele que tu amas.
E Jesus, ouvindo isto, disse: Esta enfermidade não é para morte, mas para glória de Deus, para que o Filho de Deus seja glorificado por ela.
Ora, Jesus amava a Marta, e a sua irmã, e a Lázaro.
Ouvindo, pois, que estava enfermo, ficou ainda dois dias no lugar onde estava.
Depois disto, disse aos seus discípulos: Vamos outra vez para a Judéia.
Disseram-lhe os discípulos: Rabi, ainda agora os judeus procuravam apedrejar-te, e tornas para lá?
Jesus respondeu: Não há doze horas no dia? Se alguém andar de dia, não tropeça, porque vê a luz deste mundo;
Mas, se andar de noite, tropeça, porque nele não há luz.
Assim falou; e depois disse-lhes: Lázaro, o nosso amigo, dorme, mas vou despertá-lo do sono.
Disseram, pois, os seus discípulos: Senhor, se dorme, estará salvo.
Mas Jesus dizia isto da sua morte; eles, porém, cuidavam que falava do repouso do sono.
Então Jesus disse-lhes claramente: Lázaro está morto;
E folgo, por amor de vós, de que eu lá não estivesse, para que acrediteis; mas vamos ter com ele.
Disse, pois, Tomé, chamado Dídimo, aos condiscípulos: Vamos nós também, para morrermos com ele.
Chegando, pois, Jesus, achou que já havia quatro dias que estava na sepultura.
(Ora Betânia distava de Jerusalém quase quinze estádios. )
E muitos dos judeus tinham ido consolar a Marta e a Maria, acerca de seu irmão.
Ouvindo, pois, Marta que Jesus vinha, saiu-lhe ao encontro; Maria, porém, ficou assentada em casa.
Disse, pois, Marta a Jesus: Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido.
Mas também agora sei que tudo quanto pedires a Deus, Deus to concederá.
Disse-lhe Jesus: Teu irmão há de ressuscitar.
Disse-lhe Marta: Eu sei que há de ressuscitar na ressurreição do último dia.
Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá;
E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. Crês tu isto?
Disse-lhe ela: Sim, Senhor, creio que tu és o Cristo, o Filho de Deus, que havia de vir ao mundo.
E, dito isto, partiu, e chamou em segredo a Maria, sua irmã, dizendo: O Mestre está cá, e chama-te.
Ela, ouvindo isto, levantou-se logo, e foi ter com ele.
(Pois, Jesus ainda não tinha chegado à aldeia, mas estava no lugar onde Marta o encontrara.)
Vendo, pois, os judeus, que estavam com ela em casa e a consolavam, que Maria apressadamente se levantara e saíra, seguiram-na, dizendo: Vai ao sepulcro para chorar ali.
Tendo, pois, Maria chegado aonde Jesus estava, e vendo-o, lançou-se aos seus pés, dizendo-lhe: Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido.
Jesus pois, quando a viu chorar, e também chorando os judeus que com ela vinham, moveu-se muito em espírito, e perturbou-se.
E disse: Onde o pusestes? Disseram-lhe: Senhor, vem, e vê.
Jesus chorou.
Disseram, pois, os judeus: Vede como o amava.
E alguns deles disseram: Não podia ele, que abriu os olhos ao cego, fazer também com que este não morresse?
Jesus, pois, movendo-se outra vez muito em si mesmo, veio ao sepulcro; e era uma caverna, e tinha uma pedra posta sobre ela.
Disse Jesus: Tirai a pedra. Marta, irmã do defunto, disse-lhe: Senhor, já cheira mal, porque é já de quatro dias.
Disse-lhe Jesus: Não te hei dito que, se creres, verás a glória de Deus?
Tiraram, pois, a pedra de onde o defunto jazia. E Jesus, levantando os olhos para cima, disse: Pai, graças te dou, por me haveres ouvido.
Eu bem sei que sempre me ouves, mas eu disse isto por causa da multidão que está em redor, para que creiam que tu me enviaste.
E, tendo dito isto, clamou com grande voz: Lázaro, sai para fora.
E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto envolto num lenço. Disse-lhes Jesus: Desligai-o, e deixai-o ir."
João 11:1-49


Marta e Maria estavam com seu irmão enfermo, a aflição por Lázaro estar doente crescia pois Jesus não chegava.
Marta e Maria deixam claro sua fé em Jesus. Elas sabiam que se Ele estivesse lá, a morte não viria à Lazaro.
Mas ele morreu, e mesmo em meio a dor, elas ainda se aproximam de Jesus e questionam:
Por que o Senhor não veio antes? Se estivesse aqui ele não teria morrido!
O que houve com elas? Esmoreceram? Cobraram algo de Jesus, como se Jesus fosse obrigado a fazer tudo e a todos;

Eu vejo fé nesta fala. Sim! E vejo que elas confiavam na cura, mas os olhos não estavam abertos para receber algo mais, como a ressurreição. 
Isso acontece diariamente conosco. Pedimos coisas para Jesus, e nos esquecemos que Ele é o Senhor da Vida.
Não estão abertos nossos olhos para vermos que Deus sempre vê e faz além de nossa limitação.

Elas se frustraram pensando que estavam abandonadas por Jesus, mas Ele estava com o coração neles o tempo todo. 
Jesus pode não responder exatamente da maneira que você e eu esperamos, mas com toda certeza Ele vê além.

Que nossos olhos possam enxergar além, e que nossa devoção a Jesus nunca se abale, independentemente da situação.


quinta-feira, 2 de abril de 2015

5 mentiras que o pecado me conta


O pecado busca nos enganar com suas mentiras e não é só no dia 1 de Abril. Aqui estão 5 mentiras que ele nos conta:
MENTIRA: Este é um pecado tão pequeno, insignificante! Não é realmente grande coisa aos olhos de Deus.
VERDADE: Todo pecado é uma terrível ofensa a Deus. O pecado é a soma de todos os males, o oposto de tudo que é bom, santo e belo. Até mesmo o menor dos meus pecados exigiu a morte do Filho de Deus. Não existe isso de pecadinho. Todo pecado é uma traição cósmica.
MENTIRA: Eu vou ceder ao pecado desta vez, aí acaba. Eu só preciso tirá-lo do meu sistema.
VERDADE: Toda vez que caio em um pecado torna-se mais difícil quebrar o poder desse pecado. O pecado tem uma maneira de afundar seus ganchos farpados profundamente em meu coração. Eu não posso simplesmente pecar e depois me afastar ileso. Quanto mais eu ceder ao pecado, mais enredado eu fico. O pecado sempre deixa cicatrizes.
MENTIRA: Este pecado é parte de quem eu sou. Eu sempre luto contra isso e eu sempre vou pecar dessa forma.
VERDADE: O pecado não define a minha identidade! Eu sou uma nova criatura em Cristo. Cristo me libertou do poder escravizador do pecado. Eu definitivamente não tenho que obedecer às paixões pecaminosas que surgem em mim. Talvez eu tenha que lutar contra isso para sempre, mas o meu passado não define o meu futuro.
MENTIRA: Eu preciso cair nesse pecado para ser feliz.
VERDADE: O pecado nunca fornece a verdadeira felicidade. Ele promete doçura, mas em ultima instância oferece uma carga de destruição, insatisfação, relacionamentos arruinados e dureza de coração.
MENTIRA: Deus quer que eu seja feliz, por isso está tudo bem cair em pecado.
VERDADE: Deus quer mesmo que eu seja feliz. No entanto, a minha felicidade só crescerá tão alto quanto a minha santidade. O pecado, por fim, corrói e destrói a verdadeira santidade e verdadeira felicidade
Por Stephen Altrogge. © 2013 The Blazing Center. Original: Five Lies Sin Tells Me
Tradução: Josie Lima | Reforma21.org. Original: Cinco mentiras que o pecado me conta